domingo, 19 de setembro de 2021

Feira Natal Hair é aberta no Partage Norte Shopping e segue nesta segunda-feira

 20ª edição do evento traz novidades e oferece cursos, palestras e workshops para profissionais da beleza e da estética

Em sua 20ª edição, a Natal Hair – Feira Regional de Saúde & Beleza foi aberta neste domingo (19), no Partage Norte Shopping, na zona Norte de Natal, e segue até esta segunda-feira das 10h às 21h. Considerada uma das maiores do Nordeste no segmento, a Feira reúne profissionais dos salões de beleza, clínicas de estética, indústrias, fornecedores, distribuidores e público em geral.

Inserida em um dos setores de maior expansão no Brasil (mercado de beleza e saúde), a Natal Hair oferece uma gama de novidades, além de cursos e workshops de Bronzeamento, Design de sobrancelhas, Mechas, Corte Unissex, Manicure, Penteados, Maquiagem e Mega Hair. O evento também está realizando Seminário de Beleza, Campeonato de Barbeiros, Mega Show, exposição de marcas nacionais e internacionais de produtos, equipamentos e serviços, desfiles e palestras.

Consagrados profissionais de beleza em atividade nacional e internacional estão presentes, como: Jakeline Flor (Workshop de maquiagem), Gracielle Gatto (Hair School Internacional), Nayara Bezerra (especialista em cabelos loiros), Daniel Bueno (Penteados), Zo Oliveira (Mechas e Colorimetria), Johny Coiffeur (Cabelos e prótese capilar), Cleyber Mello (Hair Design), Caio Paiva (Cabelos Crespos), Camilo Paiva (Loiro e iluminados), Jessica Vasconcelos (Nail Designer) e Espaço Influencer, com presença de influencers da área.

Este ano, a Natal Hair, em parceria com o SEBRAE, oferece cursos profissionalizantes, palestras sobre empreendedorismo, campeonato de barbeiros e preços promocionais em toda a exposição. O visitante também vai ter acesso a praça de alimentação e estacionamento.

Realizado por Fafá Medeiros há 20 anos, a mostra é uma vitrine de novidades e tendências do mercado, onde profissionais de salões de beleza, clínicas de estéticas, indústrias, fornecedores, distribuidores e público se integram.

O evento conta com o patrocínio do SEBRAE e tem foco voltado para a formação e educação dos profissionais. Mais detalhes, informações e inscrições para workshops através do número (84) 9 9921-5473.

Serviço:

Natal Hair - Feira Regional de Saúde & Beleza

 

Data: 20 de setembro de 2021

Local: Partage Norte Shopping – Zona Norte - Natal

Horário: segunda (10h às 22h)


Workshops: Entrar em contato (84) 9 9921-5473


Carlos Eduardo: “Se eu conseguir as alianças políticas, com certeza serei candidato a governador”

 


O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), cumpriu agenda nos últimos dias em municípios do Seridó.

Em entrevista ao Programa 90 Minutos com Gláucia Lima e com participação de Suébster Neri, na Seridó FM 100,7, Carlos Eduardo reafirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado.

“Estamos começando uma nova luta. Ninguém pode ser candidato de si mesmo”, disse Carlos Eduardo, acrescentando que a sua pré-candidatura está bem posicionada para o governo e também para o senado pelas pesquisas que foram divulgadas recentemente.

Carlos Eduardo enfatizou que vai continuar percorrendo o Rio Grande do Norte. “Eu sou pré-candidato ao governo, mas isso não pode ser uma construção pessoal. Se eu conseguir as alianças políticas, com certeza serei candidato a governador”, revelou Carlos Eduardo.

Vacinação dos adolescentes a partir de 16 anos sem comorbidades inicia em Natal nesta segunda-feira (20)

 

Natal vai iniciar nesta segunda-feira (20) a vacinação para adolescentes com idade a partir de 16 anos de idade e sem comorbidades. A Secretaria Municipal de Saúde havia decidido suspender a vacinação desse público por medida de segurança seguindo recomendação do Ministério da Saúde, mas diante de análises técnicas da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) resolveu iniciar a imunização dos adolescentes com a aplicação da vacina Pfizer como já está autorizado pela Anvisa.

O novo público alcançado pela campanha vacinal contra a Covid-19 pode procurar a partir de segunda-feira um dos quatro drives (Palácio dos Esportes, Via Direta, Sesi ou Nélio Dias), das 8h às 16h, ou uma das 35 UBS, das 8h às 15h, levando comprovante de residência de Natal, documento com foto e cartão de vacina. Todos os endereços dos locais de vacinação estão disponíveis no site vacina.natal.rn.gov.br.

Para receber o imunizante, o adolescente terá que estar acompanhado de um responsável. Outro ponto importante é que os adolescentes façam o cadastro prévio no plataforma RN Mais Vacinas, sendo necessário entrar com o CPF do responsável e se cadastrar como dependente.

“Além dos adolescentes com 16 anos ou mais, estaremos vacinando todo o público anteriormente contemplado e aplicando ainda a segunda dose de acordo com o cronograma de datas divulgados”, reforça o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

D3 para idosos de 95 anos e mais

Outro público que pode ser vacinado é o de idosos com 95 anos e mais. Essa dose de reforço será aplicada nessa faixa etária independentemente do imunizante da D1, sendo necessário somente ter finalizado o esquema nós últimos seis meses. Para receber a D3, as pessoas devem levar o cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência de Natal.

Também na segunda-feira, a SMS Natal começa a vacinar, com a dose de reforço, os idosos institucionalizados.

Segunda dose

A segunda dose dos imunizantes está disponível nos quatro drives ou nas 35 salas de vacinação.

CORONAVAC

As pessoas que completaram os 28 dias da primeira dose do imunizante Coronavac podem procurar as 35 UBS ou qualquer drive-thru.

OXFORD

Para quem se vacinou até o dia 15 de julho a vacina está disponível.

Grávidas que tomaram a D1 de Oxford

As gestantes que tomaram a primeira dose com o imunizante Oxford e que, por recomendação do Ministério da Saúde, não tomaram a segunda dose poderão completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer nas 35 UBS ou qualquer drive de vacinação.

PFIZER

A vacina está liberada para quem tomou a primeira dose até 29 de julho.

do blog heitor gregório.

Vivaldo Costa: Festa do Rosário de Caicó poderá torna-se Patrimônio Cultural Imaterial, Religioso e Histórico.

 


Após solicitar a inclusão da Festa do Rosário da cidade de Jardim do Seridó, no calendário turístico do Rio Grande do Norte, o deputado Vivaldo Costa (PSD) requereu o mesmo pedido para Caicó. O parlamentar também solicitou que a festa possa tornar-se um Patrimônio Cultural Imaterial, Religioso e Histórico do Brasil.

 O evento acontece durante a última semana de outubro e ao lado da Festa de Santana, realizada em julho, é uma das mais tradicionais do calendário católico e sociocultural da região Seridó. A festa do Rosário de Caicó, representa também o momento em que familiares e filhos ausentes chegam à região Seridó para participar do evento.

 “Vale a pena ressaltar que, durante a festa do Rosário, destaca-se ainda a Irmandade dos Negros do Rosário. A festa é uma tradição de quase trezentos anos na região do Seridó, como retrata o ex-governador Juvenal Lamartine, no seu livro intitulado ‘Velhos Costumes do Seridó’. É o coroamento do Rei da Rainha. Por isso, peço que esta festa seja reconhecida e torne-se um Patrimônio Cultural Imaterial, Religioso e Histórico do Brasil, sendo incluída no calendário turístico”, contou Vivaldo Costa.

Vivaldo Costa protesta críticas infundadas feitas por Nelter Queiroz contra a Governadora Fátima Bezerra


 O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) falou sobre as críticas feitas pelos parlamentares sobre a atuação da governadora do RN, Fátima Bezerra (PT). O comentário foi feito durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (16).

Vivaldo afirmou que, frequentemente, ouve críticas infundadas feitas por deputados contra a administração da governadora Fátima Bezerra e que isso dificulta o diálogo desses parlamentares com o Governo do Estado.

“O deputado Nelter Queiroz tem feito críticas injustas contra a governadora, por isso, eu saí do meu silêncio para protestar. Ele deveria saber que nenhum governo vai atender aquelas pessoas que criticam, que difamam, que injuriam, isso é elementar. Todo mundo sabe que a governadora é responsável, trabalhadora, séria, honesta e está fazendo de tudo para administrar em um período de crise sem precedentes no nosso Estado”, disse.

Femptur e Fórum de Turismo são abertos no Centro de Convenções de Natal

 

 

O Turismo do Rio Grande do Norte ganha destaque por dois dias com a realização do 12º Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte e 7ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur), no Centro de Convenções, em Natal. Seguindo rigorosamente os protocolos de biossegurança, os dois eventos foram abertos nesta sexta-feira (17) com a presença da governadora Fátima Bezerra e demais autoridades do trade turístico. Os dois eventos são gratuitos, mediante inscrição prévia (www.arguseventos.com.br) e estão sendo realizados paralelamente até este sábado (18), das 12h às 22h.

 

O Fórum de Turismo do RN teve início com a palestra “O novo cenário para o turismo de eventos”, abrindo o painel de debates, com as participações de George Gosson (presidente do Natal Convention Bureau), Leandro Martins (diretor da DataShow Brasil) e Sylvia Serejo (diretora da Verbos Eventos).

 

Após a abertura oficial, aconteceu o segundo momento do Fórum com o assunto “Maior integração das capitais do Nordeste”, mediado por Antônio Roberto Rocha (Argus Eventos) e os debatedores: Fernando Fernandes (secretário de turismo de Natal-RN) e Daniel Rodrigues (secretário de turismo de João Pessoa- PB).

 

A grande novidade deste ano aconteceu durante a abertura do Fórum de Turismo, com a entrega do “Troféu Reconhecimento aos Destinos Segmentados do RN”, para alguns prefeitos homenageados e parceiros.

A Femptur, além dos estandes de municípios e produtos turísticos, trouxe rodadas de negócios e capacitações de destinos, entre outras atrações que promovem interação e networking. A feira foi instalada com mais de 60 estandes.

A Femptur e o Fórum de Turismo do RN têm organização de Antônio Roberto Rocha e Gustavo Porpino, da Argus Eventos; contam com o apoio do Governo do Estado do RN, Prefeitura de Natal, Sebrae-RN, Fecomércio-RN e Banco do Nordeste. Também dão suporte: DataShow Brasil, Serhs Natal Grand Hotel & Resort e a InterTV. E os presidentes das principais entidades de classe do Turismo que participam ativamente do evento: Abdon Gosson (ABIH-RN), Michelle Pereira (Abav-RN), Júnior Câmara (Sindetur-RN), George Gosson (Natal Convention) e Júnior Lima (SindGuias-RN).

 

Apresentações culturais

E uma grade de apresentações culturais idealizada especialmente para o público da Femptur e do Fórum, com artistas potiguares, atrações teatrais, musicais e folclóricas (Boi de Reis, Dança de Coco e Cordel), Mini Quadrilha Junina, e a novidade do ano: o Espaço do Autor Potiguar. Dentre os municípios que integram o Palco Cultural estão: Passa e Fica, Serra Caiada, São José do Mipibu, Touros, Lajes, Grossos, Pedro Velho, Canguaretama e São Miguel do Gostoso.

O palco é estrategicamente montado ao lado da área gastronômica (creperia, cafeteria, hamburgueria, restaurante de comidas típicas e bar) para proporcionar ao visitante a melhor experiência.

Fórum de Turismo do RN

Em sua 12ª edição, o Fórum de Turismo traz temas atuais e importantes a serem debatidos sob novas perspectivas, dentre elas, sustentabilidadeintegração regionaleconomia criativaturismo de aventura e turismo cultural. O acesso é gratuito, mediante inscrição prévia ou credenciamento na hora.

Neste sábado (18), às 14h30, painel sobre “A tendência ascendente para o turismo de aventura e natureza”, como palestrante, o apresentador do Rota InterTv, Klênyo Galvão; mediação Marília Gonçalves (consultora de turismo) e os debatedores: Ana Sanehara Muller (empresária do turismo no RN, PE e RJ), Ary Pacheco (guia de turismo em montanhismo e escalada) e Ricardo Câmara (coordenador da Trilha Caminhos das Ararunas).

Às 16h, “Destinos turísticos sustentáveis: possibilidade ou utopia?”, com Wilker Nóbrega, professor da UFRN; mediador Gustavo Porpino (Argus Eventos) e os debatedores: Janielle Linhares (secretária de turismo de São Miguel do Gostoso-RN), Saulo Leão (secretário de turismo de Galinhos-RN) e William Lass (diretor do Serhs Natal Grand Hotel).

Às 17h30, o “Momento Empreendedor do Turismo Potiguar” e, para encerrar a programação do Fórum, às 17h50, o painel “Turismo cultural: chegou a hora do RN?!”, com Crispiniano Neto (presidente da Fundação José Augusto), mediado por Tatiane Fernandes (engenheira de produção cultural), e os debatedores: Ana Maria Costa (secretária de turismo do RN), Yves Guerra (analista técnico do Sebrae-RN) e George Costa (empresário e coordenador de turismo da Fecomércio).

ANÁLISE: "PETROBRAS CRESCE E CONSUMIDOR EMPOBRECE"

 Ney Lopes

Torna-se insuportável para o bolso do brasileiro, a elevação constante dos preços dos combustíveis em geral.

Enquanto isso, a Petrobras apresenta o lucro líquido de R$ 42,9 bilhões, no 2º trimestre de 2021.

O jornalista Claudio Humberto, do Diário do Poder, divulga dados, comprovando que a Petrobras lucra mais que as maiores petroleiras do mundo

A única petroleira que lucrou mais que a Petrobras no 2º trimestre de 2021 foi a Saudi Aramco (US$ 25,5 bilhões), da Arábia Saudita.

A Aramco só conseguiu lucrar tanto após receber do governo saudita um presentaço: pacote de isenções e privilégios tributários.

A Petrobras está à frente em lucratividade da até da maior petroleira do mundo, a PetroChina (US$8,2 bi).

A estatal brasileira ganha da russa Gazprom (US$ 7 bi), da holandesa Shell (US$3,4 bilhões) e da inglesa BP (US$2,8 bi).

Sabe-se que o principal fator responsável por esse significativo crescimento das receitas foi o aumento dos preços de venda dos derivados nas refinarias.

Essa política de preços permite a Petrobras exercer o seu poder de mercado, quase monopolista, por meio da prática de preços fixados nas refinarias e assim aumenta os lucros e os rendimentos para os seus acionistas, em detrimento dos consumidores.

Os acionistas estrangeiros já possuem 40,6% do capital da Petrobras.

Portanto, os lucros expressivos da Petrobras, têm como um de seus pilares a elevação dos preços dos derivados e, consequentemente, a redução do excedente (bem-estar) do consumidor.

Análises sobre o potencial nacional demonstram que a Petrobrás deveria recuperar seu objetivo histórico, que é o abastecimento do mercado nacional de combustíveis aos menores custos possíveis.

O país é superavitário na produção de petróleo e tem capacidade instalada de refino.

Existem  17 refinarias de petróleo, com capacidade para processar 2,4 milhões de barris por dia.

Treze dessas refinarias pertencem à Petrobras e respondem por 98,2% da capacidade total.

É conhecida a limitação das nossas refinarias para processar o óleo nacional.

Não pode ficar para “depois” o investimento que modernize as refinarias para processar o óleo nativo.

Entretanto, o que se vê é a pregação da privatização dessas refinarias.

O investidor somente virá, se o preço for livre, o que perdurará a situação atual. de preços elevados

Hoje, argumenta-se que a Petrobras necessita praticar preços altos para viabilizar a importação.

Algo incompreensível: praticar preços relativamente altos para viabilizar o negócio do importador? A competição é benéfica, quando gera a redução do preço

Nesse caso, os preços estão altos para favorecer a importação.

Difícil entender.

As nossas refinarias já produziram mais de 91% da carga processada com petróleo brasileiro.

Temos capacidade instalada para abastecer o mercado de diesel e gasolina.

Então, não há menor necessidade de vincular os preços da economia nacional aos preços de paridade de importação, como acontece atualmente, favorecendo os grandes importadores.

Isso ocorre num contexto de profunda deterioração do mercado de trabalho (desemprego em alta e renda do trabalho em baixa), aumento da pobreza e ampliação da vulnerabilidade alimentar.

A população com menor renda passou a utilizar a lenha para cozinhar, em substituição ao gás de cozinha, após a elevação dos preços.

É necessário que o Congresso Nacional se debruce sobre esse tema e produza uma legislação racional, estabelecendo critérios para a maximização dos lucros dos acionistas numa empresa estatal.

Entende-se que o investidor terá que remunerar o seu capital. Porém, o que acontece no país, em relação aos preços dos combustíveis, excede os limites mínimos de preservação dos interesses coletivos.

Na prática, quem paga as distribuições de lucros fabulosos aos acionistas da Petrobras é o cidadão indefeso, enfrentando uma pandemia, que lhe consome todas as forças de sobrevivência.

Algo terá que ser feito.

Não pode continuar o que se repete hoje, quase semana a semana, quando a Petrobras cresce e o consumidor empobrece.

Municípios e profissionais recebem homenagem no 12º Fórum de Turismo do RN

 

Em sua 12ª edição, o Fórum de Turismo, que segue até este sábado (18) no Centro de Convenções de Natal, inovou e este ano, além de trazer temas atuais e importantes a serem debatidos sob novas perspectivas para o setor, criou uma homenagem destinada aos municípios potiguares e profissionais que se destacam no setor. Durante a Solenidade de Abertura nessa sexta-feira (17), aconteceu a entrega do “Troféu Reconhecimento aos Destinos Segmentados do RN”.

 

Ao todo foram nove municípios homenageados de acordo com a categoria que cada um mais de destaca:  Turismo Sustentável - São Miguel do Gostoso; Turismo Religioso - Santa Cruz; Turismo de Experiência – Galinhos; Turismo Gastronômico - Natal; Turismo de Natureza - Tibau do Sul; Turismo cultura - Mossoró; Turismo Histórico - Parnamirim; Turismo de Aventura - Rio do Fogo e Nísia Floresta. Presentes para receber a homenagem prefeitos e secretários de turismo, que receberam a placa das mãos da governadora Fátima Bezerra e da secretária estadual de turismo, Aninha Costa, e os diretores da Argus Eventos, Antônio Roberto Rocha e Gustavo Porpino.  

 

Além dos municípios, o Fórum de Turismo escolheu três personalidades que representam o turismo potiguar para receber a homenagem:  o guia Toreba de Sagi (Baía Formosa); Dona Adalva Rodrigues do restaurante Paçoca do Pilão e o Senhor Castanha, guia do Cajueiro de Pirangi.

 

O 12º Fórum de Turismo do RN e a 7ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN – Femptur seguem neste sábado das 12h às 22h no Centro de Convenções de Natal, com estantes para apreciar o melhor do artesanato norte-riograndense, além de prestigiar as apresentações culturais e experimentar um cardápio típico variado na praça gastronômica. Entrada gratuita!

 

A Femptur e o Fórum de Turismo do RN têm organização de Antônio Roberto Rocha e Gustavo Porpino, da Argus Eventos; contam com o apoio do Governo do Estado do RN, Prefeitura de Natal, Sebrae-RN, Fecomércio-RN e Banco do Nordeste.

Tibau do Sul é escolhido como representante do Turismo Natureza e recebe homenagem do 12º Fórum de Turismo do RN

  

A 12ª edição do Fórum de Turismo do RN, aberta nessa sexta-feira (18) no Centro de Convenções de Natal, escolheu o município de Tibau do Sul como destaque para o Turismo de Natureza no Rio Grande do Norte. Durante a Solenidade de Abertura, o prefeito Valdenício Costa recebeu o “Troféu Reconhecimento aos Destinos Segmentados do RN”, das mãos da secretária estadual de Turismo, Aninha Costa, e dos diretores da Argus Eventos, Antônio Roberto Rocha e Gustavo Porpino. 

"Tibau do Sul é um destino consolidado do turismo potiguar, e esse prêmio representa que nosso destino não é somente pelas belezas naturais, mas também pelo esforço e trabalho de toda população que se dedica ao turismo", declarou o Prefeito Valdenício Costa.

O município de Tibau do Sul também está presente na 7ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN – Femptur, com um estande para expor tudo que Tibau do Sul oferece como um dos principais destinos turísticos da região.


sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Projeto ‘Chic é ser solidário’ há seis anos leva esperança a pessoas que precisam de ajuda



O projeto “Chic é ser solidário”, criado pelo jornalista Elias Medeiros, beneficia idosos que vivem no Abrigo Juvino Barreto, no bairro do Alecrim, em Natal, além de moradores de rua e de comunidades da capital potiguar, servindo de exemplo para todos. No próximo dia 24 de setembro terá mais uma grande ação e você poderá contribuir através da doação. Contato pelo telefone (84) 99950-5602 ou acessar o Instagram do projeto: @chicesersolidarionatal.

Criado em 2015, o projeto “Chic é ser solidário” beneficia 100 famílias em cada ação, com almoço solidário + refrigerante, cesta básica, brinquedos e roupas usadas.

As edições anteriores ajudaram os moradores das comunidades de Lagoa Azul zona Norte, Comunidade do Mosquito, Eleni Ferreira do Parque dos Coqueiros, Olga Benário bairro do Planalto, Aurora Maria Cidade da Esperança e moradores em situação de rua que ficam nos semáforos das avenidas Ayrton Senna, Roberto Freire e Prudente de Morais.

As ações seguem até o dia 30 de novembro e a partir daí inicia a coordenação do Natal Solidário que atende crianças com brinquedos e lanches.

“Sua ação pode parecer uma gota d´água em um oceano, mas, a meu ver, o mais importante não é a quantidade de pessoas beneficiadas, mas o exemplo de generosidade e solidariedade de alguém que abriu mão de seu conforto para ajudar a quem precisa”, destaca Elias Medeiros.

Elias Medeiros, nascido em Natal, morou por vinte anos no Rio de Janeiro, onde trabalhou e se formou em Licenciatura Plena no Curso de Geografia (Faculdade Simonsen), em Comunicação Social pela Universidade Castelo Branco e pós-graduado “Jornalismo empresarial na Universidade Veiga de Almeida, todos no Rio de Janeiro.

 

Sobre Elias Medeiros

O jornalista Elias Medeiros é conselheiro da Cruz Vermelha Brasileira do Rio Grande do Norte e conhece bem onde estão os bolsões de pessoas necessitadas.

Sua ação pode parecer uma gota d´água em um oceano, mas, a meu ver, o mais importante não é a quantidade de pessoas beneficiadas, mas o exemplo de generosidade e solidariedade de alguém que abriu mão de seu conforto para ajudar a quem precisa.

A equipe é formada por voluntários efetivos que compõe o projeto, captando doações e ajudando na distribuição: Mayonara Medeiros, (Técnica em Enfermagem), Hévila Medeiros (Gestora de RH), Mariana Caldeira (Advogada), Hortência Melo (advogada) e Patrícia Teixeira (Advogada), além de 10 voluntários indiretos que também ajudam e participam das ações.

 

Resultados obtidos pelo projeto “Chic é ser solidário”:

Cestas Básicas – 4.000 unidades 

Lanches – 3.000 unidades 

Doação de fraldas: 3.000 pacotes 

Lençóis:  500 unidades

Toalhas: 500 unidades 

Ventiladores:   50 unidades

Doação de brinquedos:   3.000 unidades

Almoço (Quentinhas):    4.000 unidades 

O projeto recebe também alimentos através de cestas básicas prontas, brinquedos, toalhas, lençóis e roupas usadas em bom estado de conservação.

Quem desejar ajudar basta entrar em contato pelo telefone (84) 99950-5602 ou acessar o Instagram do projeto: @chicesersolidarionatal.


Advogado mostra 5 direitos que você provavelmente não conhece

 



Celebrado anualmente em setembro, o Dia do Cliente, data criada com o objetivo de homenagear os consumidores brasileiros, bem como de estreitar a relação entre estes e as empresas dos mais diversos segmentos. 


De acordo com Sergio Vieira, advogado e sócio-diretor do Nelson Wilians Advogados, o Dia do Cliente é importante porque direciona a atenção de todos para a importância dos consumidores na economia. 

“Sem os clientes, a economia do Brasil e de qualquer país do mundo não se desenvolve. Por isso, é essencial que os consumidores tenham consciência de sua relevância e, ainda mais, de seus direitos”, explica Vieira. 

Conforme aponta o advogado, muitos clientes ainda desconhecem boa parte de seus direitos enquanto consumidores. “Os direitos dos consumidores estão previstos na Legislação brasileira e devem ser respeitados como todos os outros”, aponta. 


Para que você tenha consciência de seus direitos, Sergio Vieira destaca cinco leis que você provavelmente ainda não conhece: 


1. Não existe valor mínimo para compras com cartão 

Muitas lojas que aceitam pagamentos com cartões exigem um valor mínimo. Segundo Vieira, a prática é considerada ilegal. 

“Se um estabelecimento aceita cartões de crédito e/ou de débito como pagamento, não pode estipular um valor mínimo. Quando há uma cobrança além do valor real da compra, o consumidor deve se apoiar no inciso V do artigo 39 do CDC (Código de Defesa do Consumidor), que determina esta prática como abusiva”, explica. 


2. Cobrança indevida deve ser devolvida em dobro 

Muitos consumidores já foram cobrados indevidamente. Na maioria dos casos, o estabelecimento devolve o valor que foi cobrado de forma errônea. Porém, de acordo com Vieira, essa prática fere um dos direitos do cliente. 

“Quando uma empresa realiza uma cobrança indevida, deve devolver o dobro do valor para o cliente, conforme aponta o artigo 42 do CDC”, aponta o especialista. 


3. Não há obrigação de pagar multa em caso de perda de comanda 

É comum que restaurantes e baladas alertem seus consumidores de que, em caso de perda da comanda de consumo, estes deverão pagar um determinado valor. 

“Nesse caso, o cliente não tem obrigação legal alguma de pagar a multa estipulada pelo estabelecimento. Isso acontece porque o controle de consumo é de total responsabilidade do local, não de seus consumidores”, ressalta.  

4. Estacionamentos são responsáveis pelos objetivos no interior dos veículos 

É comum encontrar placas em estacionamentos que dizem que o estabelecimento não é responsável pelos objetos deixados no interior dos veículos. Segundo Vieira, o estacionamento – quando pago – tem total responsabilidade. 

“A existência da placa com o aviso não isenta o estabelecimento de sua responsabilidade. Os estacionamentos são responsáveis tanto pelos objetos quanto pelos danos materiais causados aos veículos, como batidas e arranhões”, aponta. 


5. Cinemas não podem proibir os clientes de entrar com comida nas salas 

Por fim, Sergio Vieira ressalta que os cinemas não podem proibir seus clientes de entrar com comida nas salas. Mais uma vez, a prática é considerada abusiva e fere o artigo 39, inciso I do CDC. 

“Quando um cinema proíbe o consumidor de entrar com alimentos na sala, estimula a compra na bomboniere. Isso é conhecido como venda casada, o que viola o direito à liberdade do cliente”, finaliza o advogado. 


Sergio Vieira é formado em Direito e assumiu o cargo de sócio-diretor do escritório Nelson Willians Advogados, em Manaus, que é, atualmente, o maior escritório do Brasil e que conta com filiais em todos os estados da federação, empregando cerca de duas mil pessoas. 


Créditos de: Divulgação / MF Press Global 

Zé Avelino - Menino Passarinho


Zé Avelino é um amigo de sempre. Sua barraca na Praia de Ponta Negra fez época e causou, ele foi um dos pioneiros nesse comércio praieiro. Mas Zé é do mundo, viveu em São Paulo , onde perdeu sua companheira no trágico incêndio do Edifício Joelma. Faz tempo se refugiou na sua pasárgada Caicó

Em Caicó, certa vez, fiquei hospedado na sua casa que é como um coração – atelier- floresta – gaiola aberta de sonhos. Em cada canto uma obra de arte da Ave-Linho. Zé é magrinho e quase voa, flutua nas asas da imaginação fértil e criativa, como as borboletas que desenhava coloridas e cobras que rastejam.

Vejo um quadro abstrato, uma das ultimas obras do artista. Quadro inspirado nas cercas de pedras caicoenses recebeu o título de “priquito atravessado”.

Ali adiante duas caixas de ovos pintados pelo artista passarinho. São seixos rolados de um rio que flutua feito uma rosácea-cera.

Descanse em paz, meu querido Zezé.

Vamos sentir falta


João da Mata Costa 


Caicó, como eu sinto.



Eu sinto com a saudade de mamãe

Numa saudade que amolece os dias

Com as suas lembranças

Nos gestos dos meus parentes

Na sabedoria e verve do meu tio Zé Paulino

No frio ao atravessar de madrugada

O açude para minha morada inicial

Meu pai me protegia

Meu tio me assustava me jogando um preá

Eu sinto Caicó com todo o meu ser

Nos passos de dança da minha mãe na juventude

Em papai fazendo chapéu de couro

E depois vindo tentar a vida em Natal

Dedinha pai de Chico Alves lhe dando força

Meu amado tio João Caicó

Baluartes e exemplos de uma vida

Que pulsa e grita nas minhas veias

Caicó, queiquó, cuó

Poço de Santana

Moxotó, camará, catingueira

Sustentam a vida

A chuva desperta a terra num

Odor de zimbro e chumbo

Meu sertão caritó

Thomas- o filho – cronista

De homens-ferros,

Cachimbos, galegos

Judeus e Portugueses

A rede suspende a vida – letargia -morte

Meu avô morreu de cezão aos 33 anos

O bisavô mestre-escola

Minha avó dormia só uma madorna e

Faleceu de arteriosclerose.

Mamãe solidão

Que não cabe na noite

Vivendo estamos doendo

Não há fim para essa lembrança.

Engenho torto

Açúcar o sangue

Chouriço espécie

O sol a carne

Queijo de coalho e linguiça

Ninguém entende

Sefus gões

Quadrivium

Guerra – o Padre e

Sant´ana a nos proteger


João da Mata 


Bar do Ferreirinha - Comemoração dos 50 anos - Caicó - RN. Com direito a um livro comemorativo, by Roberto & Pituleira

 

Depois de tanto tempo uma volta para a mãe-terra. Para o útero. Tudo é envolto num mar de significados para além do que posso escrever.

Encontro sem combinar com o meu querido tio José Paulino – Zé Baixinho, irmão da minha querida mãe. Encontro Zé Romão nos seus mais de oitenta anos. Chapeleiro antigo e amigo íntimo de papai morto precocemente.

Logo ao chegar ao Bar do Zeca Barrão encontro o famoso Bibica. Nosso candidato a governador. Quem não for babaca vota Bibica. Bibica acompanhado de um bode vende a rifa (mais uma) que sortearia o famoso animal-símbolo do sertão nordestino.

Bibica é querido de todos e está em toda parte. No outro dia Bibica está de paletó para cumprimentar seus eleitores e tirar fotos com os seus muitos admiradores.

O filho do Dinarte Mariz, o ex-reitor da UFRN Geraldo Queiroz, políticos e vereadores, professores e populares estão presentes na festa de lançamento do livro.

Outra grande figura que tive o prazer de conhecer foi o comediante Silva – Cover do Chico Anysio. Artista que esteve entre os 10 melhores do Faustão. Simpático sempre fazendo muganga com a boca e língua.

O lançamento foi um sucesso. Livro-homenagem aos 50 anos do bar do Ferreirinha, o mais tradicional de Caicó- RN. Um livro-álbum de fotografias numa justa homenagem ao bar e seu proprietário, para ciúmes do Zeca Barrão cujo bar vizinho-esquina faz encontro de cadeiras com o bar do Ferreirinha.

Estão de parabéns os autores do livro Roberto & Pituleira e o editor Abimael. São vendidos mais de uma centena de livros em uma festa que durou o dia inteiro. Só interrompida para a passagem da procissão do Rosário. Animou a festa a Banda de Música Recreio Caicoense seguida por uma animada roda de samba. Dei uma canja e dancei acompanhado da grande musa da festa, a bela atriz Nina.

Ferreirinha e Anchieta, o primeiro cliente do bar – também autografaram o livro. Não faltou quase ninguém no lançamento-festa. Muito sentida foi a ausência do Moacy, mentor e prefaciador do livro.

Um grande abraço para o amigo Lula Pneus com quem tive o privilégio de conversar pessoalmente, e recebi de presente um lindo poema cujo mote é a epígrafe desse artigo.

Parabéns ao Souza por nos mostrar seu acervo de fotos antigas de Caicó e seus habitantes ilustres.

O mestre de cerimônias da festa foi o grande comunicador Pituleira.

Para completar o dia-banquete de emoção e resgate, encontro na noite Caicoense, a grande cantora Dodora e a amiga Edjane. É demais para o meu coração.

Em cada habitante um rastro. Na aspereza do ar, a rispidez da falas o orgulho do seridoense. O presente grávido do passado nutre uma grande alegria de poder estar vivendo esse momento de grande riqueza biográfica em meio século de existência.

João da Mata Costa

#joaodamatacosta

#bar #caicorn

XVIII Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana foi vista em 42 países

 

MINISTROS DA ALEMANHA E DO URUGUAI, ALÉM DE DEZENAS DE ESPECIALISTAS DA AMÉRICA LATINA E DA EUROPA, DEBATERAM EM PAINEIS VIRTUAIS


A 18ª edição da Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana foi concluída com êxito, com público virtual proveniente de 42 países. O evento foi realizado em 16 e 17 de setembro pela Fundação Konrad Adenauer, pelo CEBRI e pela Delegação da União Europeia no Brasil. O tema de 2021 foi “Ausência de guerras significa paz? Estratégias de segurança internacional em uma nova ordem geopolítica mundial”, e os participantes refletiram sobre os diversos tipos de ameaças à paz e à segurança da população global. Este ano, a Conferência foi apresentada pela jornalista Julia Dias Carneiro em um estúdio baseado em Copacabana, enquanto os outros participantes - especialistas da América Latina e da Europa – debateram a partir de suas casas e gabinetes, espalhados por diversos países.


Após a fala introdutória de Anja Czymmeck José Pio Borges – representantes da Kornad Adenauer e do CEBRI respectivamente –, e a do Embaixador Ignácio Ybàñez, o primeiro painel contou com a presença das seguintes autoridades: Annegret Kramp-Karrenbauer, ministra da Defesa da Alemanha; Javier García Duchini, Ministro da Defesa do Uruguai; Stefano Sannino, Secretário-geral do Serviço Europeu para a Ação Externa – o serviço diplomático da União Europeia; o contra-almirante Guilherme Mattos Abreu, representando o Ministério da Defesa do Brasil. O encontro foi moderado por Henning Speck, Assessor de Política Externa e Segurança do Grupo Parlamentar CDU/CSU.


Ainda no primeiro dia de evento, o painel “O nexo civil-militar: gestão global de risco e o papel das Forças Armadas”, mediado por Monica Hirst – professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e da Universidad Torcuato di Tella – abordou questões como a relação entre civis e militares e apontou as mudanças climáticas, os ataques cibernéticos e o crime organizado como três desafios centrais.


Para uma das participantes, Danielle Jacón Ayres Pinto, vice-presidente da Associação Brasileira dos Estudos de Defesa (ABED), é importante desconstruir a ideia de que as Forças Armadas têm algum papel político. “Elas são muito mais importantes na sua função efetiva de soberania e de proteção do nosso território contra as ameaças que vêm de fora”, afirmou. Participaram ainda o secretário parlamentar Thomas Silberhorn, membro do Bundestag; Giovanni Manione, general de divisão e vice-diretor do Estado Maior da União Europeia; e Luis Mauricio Ospina Gutiérrez, general de divisão e diretor da Academia Militar da Colômbia.


O painel “Superando a insegurança: multilateralismo e o papel de alianças transnacionais de segurança” abriu o segundo dia de evento. Dessa vez, as discussões se centraram na importância da cooperação internacional contra ameaças como ataques terroristas e cibernéticos, mudanças climáticas, entre outras. Nesse sentido, a União Europeia criou um projeto batizado de "bússola estratégica". O objetivo, segundo Joanneke Balfoort, diretora de Políticas de Segurança e Defesa da UE, é avaliar o panorama de ameaças e planejar como combatê-las. “É a primeira vez na União Europeia que isso ocorre. Nós pedimos que todos os estados membros contribuíssem com informações para uma análise de ameaças. (...) Existe uma quantidade cada vez mais crescente de ataques híbridos e cibernéticos”, afirmou.


Também participaram da mesa Cristián Castaño Contreras, diretor-geral do Centro de Estudos Estratégicos e de Governo do México; e Ronaldo Carmona, professor da Escola Superior de Guerra e senior fellow do CEBRI. A moderação ficou a cargo de Daniela Braun, analista de política externa e segurança da Konrad Adenauer Stiftung.


O último painel, “Mudando o jogo: respostas cibernéticas a situações de crise”, focou em cibersegurança, seja diante de ataques a instituições e governos, seja no contexto dos usuários que são vítimas de cibercrimes. A dualidade entre liberdade e controle do ciberspaço também esteve no cerne do debate. “Precisamos garantir que estejamos numa posição e se possível prevenir e contra-atacar invasões cibernéticas”, declarou Diego de Ojeda García-Pardo - chefe da Unidade de Coordenação de Implementação da Política Externa, Segurança e Defesa da UE -, que concluiu: “O espaço cibernético permanece global e aberto, mas é importante também que permaneça seguro”.


Outra participante, a pesquisadora argentina Carolina Sampó, do Conselho Nacional de Pesquisa Científicas e Técnicas (Conicet), analisou o contexto de violência da América Latina e chamou a atenção para o aumento do cibercrime – como roubo, estelionato e sequestros de dados – no último ano: “A pandemia incluiu usuários desavisados, que não estavam acostumados com esse ciberespaço, tornando-os vítimas potenciais desse tipo de crime”. No debate, ainda participaram Kaan Sahin, assessor de tecnologia do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha; e Jeimy J. Cano, professor e pesquisador da Escola Superior de Guerra “Rafael Reyes Prieto”, da Colômbia. A moderação foi feita por André Clark, general manager da Siemens Energy Brasil e membro do CEBRI.


Por fim, o Embaixador Ignácio Ybàñez concluiu que a resposta para a pergunta-tema do ano foi a de que a ausência de guerras não significa paz - um consenso entre todos os participantes. A diretora da Fundação Konrad Adenauer no Brasil, Anja Czymmeck, e o presidente do conselho curador do CEBRI, José Pio Borges, agradeceram a participação dos painelistas e dos espectadores. Anja também anunciou o início dos preparativos para a próxima edição do evento: em 2022, a Conferência deve acontecer em formato híbrido, reunindo os conferencistas e o público presencialmente no Rio de Janeiro, mas também transmitindo os debates para a grande plateia virtual formada nas duas últimas edições. 


Acompanhe as redes da Fundação Konrad Adenauer no Brasil para saber mais sobre o evento. Acesse pelo Instagram, Twitter ou Facebook: @kasbrasil


A programação completa e detalhada está em:

https://drive.google.com/drive/folders/1F-lpdT87lnfwiA-zu5WkaRvvIjmLFelC?usp=sharing

Fotos do evento e dos participantes em:

https://drive.google.com/drive/folders/1U3Vid9JKHWwfjFHRdsyNqfOCWQmT7tVR?usp=sharing


Sobre a Fundação Konrad Adenauer:

A Fundação Konrad Adenauer (KAS) é uma fundação política alemã, independente e sem fins lucrativos. Atua com base nos valores da União Democrata-Cristã (CDU), partido político alemão. Promove a Democracia, o Estado de Direito, os Direitos Humanos, as relações internacionais e a Educação Política, bem como a Economia Social de Mercado e o desenvolvimento descentralizado e sustentável. No Brasil desde 1969, a KAS reúne lideranças atuais e futuras da política e da sociedade, bem como formadores de opinião no universo acadêmico. Atua sempre com parceiros locais e incentiva o diálogo sobre os principais desafios do País. 

 

Sobre o Centro Brasileiro de Relações Internacionais:

Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI) é o think tank de referência em relações internacionais do Brasil: independente, apartidário e multidisciplinar, é pautado pela excelência, ética e transparência na formulação e disseminação de conteúdo de alta qualidade sobre o cenário internacional e o papel do Brasil. Conectado à agenda internacional, o CEBRI identifica e analisa as mais relevantes questões internacionais, promovendo o engajamento entre a produção de conhecimento e a ação política. Ao longo de dezoito vinte anos de história, já realizou cerca de 500 eventos, produziu mais de 200 publicações e atua com uma rede internacional de mais de 100 entidades de alto nível em todos os continentes. A instituição se destaca por seu acervo intelectual, pela capacidade de congregar múltiplas visões de renomados especialistas e pela envergadura de seu Conselho Curador.

 

Sobre a União Europeia:

O Brasil é um dos principais parceiros e interlocutores da União Europeia no mundo. A União Europeia e o Brasil estabeleceram relações diplomáticas em 1960 e tem desenvolvido, ao longo dos anos, laços estreitos de natureza histórica, cultural, econômica e política. As relações bilaterais continuaram a crescer e se ampliar, culminando com a Parceria Estratégica entre o Brasil e a União Europeia, em 2007. Desde então, o Brasil e a União Europeia têm realizado cúpulas regulares focalizando os principais desafios globais, assim como aprimorando nossas relações diretas. Os temas centrais da parceria incluem crescimento econômico, cooperação em questões essenciais de política externa e o enfrentamento conjunto de desafios globais em áreas como os direitos humanos e as mudanças climáticas, bem como a luta contra a pobreza. O Brasil e a União Europeia também são parceiros comerciais e os países da União Europeia respondem por mais de 20% das exportações brasileiras. Além disso, a União Europeia é o maior investidor estrangeiro no Brasil, sendo que cerca de 60% dos investimentos estrangeiros no País se originam na União Europeia.

CONGRESSO E-SOCIALIZE 2021 ACONTECE DE 20 A 25 DE SETEMBRO

 


Evento será 100% on-line


O Congresso e-Socialize, iniciativa do Colégio Santo Américo para o compartilhamento de boas práticas de ensino com educadores de escolas públicas e privadas de todo o país, acontece de 20 a 25 de setembro, no formato on-line.


Desde 2019, educadores do Santo Américo e palestrantes convidados compartilham conhecimentos e experiências pedagógicas de sucesso com profissionais de ensino de outras instituições, criando a oportunidade de difundir educação de excelência com alunos autônomos e reflexivos.


Na edição 2021 os painéis trarão discussões sobre temas como métodos de avaliações, bullying, Novo Ensino Médio, desafios socioemocionais, tecnologia, bilinguismo, entre outros. Confira a programação:


20/09 – 2ª feira

19h às 20h:  A Educação no pós-pandemia

Viviane Flores - Diretora Geral do Colégio Santo Américo

Pedro Pontes - Diretor Executivo para Educação – Accenture


20h às 20h30:  A Pastoral e os desafios da prevenção ao bullying na escola católica

Danilo Costa - Coordenador de Pastoral do Colégio Santo Américo

Claudia Zaclis - Orientadora Educacional do Colégio Santo Américo


21/09 – 3ª feira

19h às 19h40: Os desafios da avaliação na aprendizagem por projetos

Lilian Bacich - Diretora da Tríade Educacional


19h40 às 20h30: Aprendizagem Baseada em Projetos

Elaine Marquezini - Coordenadora do Ensino Fundamental Anos Finais do Colégio Santo Américo

Priscila Montenegro - Coordenadora do Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Santo Américo


22/09 – 4ª feira

19h às 19h40: Intencionalidade e Avaliação para a completude das Aprendizagens

Gabriela Capila - Especialista em Avaliação Escolar


19h40 às 20h30: A implantação do Novo Ensino Médio

Danilo Zanardi - Coordenador do Ensino Médio do Colégio Santo Américo


23/09 – 5ª feira

19h às 20h30: Os desafios socioemocionais na educação do futuro (pós-pandemia)

Christian Dunker - Psicanalista e professor Titular do Instituto de Psicologia da USP

Cristiane de Mira - Orientadora Educacional do Colégio Santo Américo


24/09 – 6ª feira

19h às 20h30: A tecnologia impulsionando a aprendizagem, a personalização e a autonomia

Joseliza Amadeu - Coordenadora de Inteligência Educacional do Colégio Santo Américo

Rafael Martines - Diretor Executivo – SAS Plataforma de Educação


25/09 – Sábado

9h às 9h40: Avaliação como ferramenta de aprendizagem

Vinicius Nobre - Diretor de Educação – CNA


9h40 às 10h20: A implantação do bilinguismo no Colégio Santo Américo e as Diretrizes Nacionais para a Educação Plurilíngue no Brasil

Sabrina Ribeiro - Coordenadora da Educação Infantil e 1º ano do Colégio Santo Américo

Henrick Oprea - Coordenador de Ensino e Aprendizagem – Escola das Nações, Brasília


10h30 às 11h10: Disruptive Innovation in Education

Transformando a educação por meio da inovação disruptiva

Thomas Arnett - Pesquisador sênior do Clayton Christensen Institute

Apresentação realizada em inglês


11h10 às 12h: Cultura de Performance

Rodrigo Conceição - Diretor Pedagógico do Colégio Santo Américo


A inscrição para o e-Socialize pode ser feita pelo link https://lnkd.in/d9HCuW_F 


Sobre o Colégio Santo Américo

Fundado em 1951 por monges beneditinos húngaros, o Colégio Santo Américo atende alunos do Ensino Infantil, Fundamental Anos Iniciais, Fundamental Anos Finais e Ensino Médio. Mantido pelo Mosteiro São Geraldo de São Paulo, o colégio é reconhecido com o Selo da Unesco e oferece a seus alunos o ambiente ideal para a formação humana, acadêmica, esportiva e cultural. Desde 1963 o Colégio Santo Américo ocupa uma área de 64 mil m² no bairro Morumbi.